Durante um tempo de declínio espiritual em Israel, quando os sacerdotes levíticos se desviaram ao seguirem ídolos, houve uma família de sacerdotes chamados de Filhos de Zadoque. (Ezequiel 44). Parece ser evidente que estes Filhos de Zadoque possuiam um coração de amor e devoção a Deus. Eles permaneceram fiéis em suas funções e leais ao Deus a quem amavam e serviam. Foi por esta razão que Deus expulsou os Levitas de Sua presença e convidou os Filhos de Zadoque a se aproximarem e ministrarem a Ele. (Ezequiel 44:15).

Hoje, há sobre a terra uma ordem de sacerdotes (ministros) que possuem o mesmo coração dos Filhos de Zadoque. Possuem o mesmo coração de amor, intimidade, devoção, e adoração que é descrito por Ezequiel. Estes são homens e mulheres que não possuem uma agenda além do seu relacionamento pessoal com Jesus e enxergam o seu ministério a Ele como sendo o seu mais alto chamado nesta vida.

Existem muitos homens e mulheres de valor que simplesmente não conseguem se encaixar em um molde tradicional de vida cristã ou em uma estrutura ministerial centralizada em homens. Por mais que tentem, não encontram descanso nos planos humanos ou em organizações que promovem as agendas de homens. Normalmente, tais pessoas não são compreendidas corretamente e são julgadas errôneamente. Esses são os Filhos de Zadoque.

 

Do dia 10 ao 12 de novembro irá acontecer o ACAMPAMENTO FILHOS DE ZADOQUE - com o tema IDENTIDADE E DESTINO. Será no Acampamento RIO SELVAGEM - Juquitiba - SP

Porque este tema ?

Inspirado na passagem de João 1:12 - Queremos levar os acampantes a um encontro de identidade em Cristo Jesus, despertando os direitos e obrigações de cada Cristão como filho.

E através de gincanas, louvores e ministrações temos a missão de fazer com esses dias sejam inesquecíveis e também um marco na história dos acampantes.